segunda-feira, 11 de abril de 2016

Construa um patrimônio com sua hora extra

Em pesquisa profissional recente, o grupo Catho apontou que mais de 40% dos profissionais fazem entre 2 a 16 horas extras por semana em seus empregos tradicionais.

Vários são os motivos para que isso ocorra, porém uma coisa é certa, nenhum profissional constrói uma riqueza ou patrimônio com esse trabalho extra.

E se você pudesse usar essas horas extras, que hoje beneficia apenas a empresa onde trabalha, para construir algum ativo que lhe renderá bons dividendos no futuro?

Que tal começar a desengavetar alguns sonhos e realizações já esquecidos?

É isso que oferecemos a você ! Uma oportunidade de tornar isso uma realidade. Faça da sua hora extra o momento de construir algo para você e sua família.

Saiba mais sobre esta oportunidade !




quinta-feira, 25 de fevereiro de 2016

Caminho para o Sucesso - Tire as pedras do seu caminho

Para você trilhar um caminho de sucesso em qualquer área de sua vida, é importante que elimine todos os obstáculos que atrapalham, retardam ou impeçam sua caminhada.

Relendo uma das obras de Napoleon Hill, que passou 25 anos de sua existência estudando o êxito e compilando os dados de suas pesquisas em uma série de livros, me deparei com o tema relacionado às principais causas de fracasso. Ele listou 33 causas de fracasso, ou seja, as maiores pedras na estrada rumo ao sucesso. Destas destaco 7 que me chamaram mais a atenção:

Falta de entusiasmo

Sem entusiasmo é impossível ser convincente. Além disso, o entusiasmo contagia, e aquele que o possui sob controle costuma ser bem recebido em todos os grupos.

Arriscar em vez de pensar

As pessoas, em sua maioria por preguiça ou indiferença, deixam de tomar conhecimento de fatos que lhes permitiriam fazer um julgamento acertado; preferem agir com base em "palpites" ou julgamentos apressados.

Falta de esforço concentrado

O "faz-tudo" raramente é muito bom em alguma área. Concentre todos os seus esforços em um objetivo definido.

Excesso de cautela

Quem não aproveita as oportunidades costuma ficar com as sobras que os outros deixam. O excesso de cautela é tão prejudicial quanto a falta dela. Ambas as situações devem ser evitadas. 

A vida é cheia de oportunidades.

Falta de um poder de decisão bem definido 

Pessoas bem-sucedidas tomam decisões rapidamente e, quando mudam de ideia o fazem devagar. 

Aqueles que fracassam custam a tomar decisões, mas mudam de ideia fácil e frequentemente. 

Procrastinação e indecisão são irmãs gêmeas. Onde uma está, a outra aparece. Acabe com esta dupla antes que ela acabe com as suas chances de sucesso.

Hábito de deixar tudo para depois

Conhecido como procrastinação, esse hábito é uma das causas mais comuns do fracasso. O "fantasma da procrastinação" fica à espreita, na sombra de todo ser humano, esperando para destruir suas chances de sucesso. A maioria dos indivíduos malsucedidos passa a vida toda esperando "a hora certa" para fazer algo que valha a pena. Não espere. Não existe "hora certa". Comece do ponto onde está, com as ferramentas que tiver. Ao longo do caminho, surgirá ferramentas melhores. "Não deixe para amanhã o que pode fazer hoje".

A Falta de persistência

A maioria das pessoas  começa, mas não termina. Muitas desistem aos primeiros sinais de obstáculo. Nada substitui a persistência. Aquele que adota como lema a persistência descobre que o fracasso finalmente se cansa e vai embora. O fracasso não consegue enfrentar a persistência.


Se pretende ter sucesso em qualquer área de sua vida, primeiro elimine todo e qualquer obstáculo que houver no caminho, depois disso, siga em frente !

 

segunda-feira, 18 de janeiro de 2016

Desigualdade 1/99

Um estudo da organização não-governamental britânica Oxfam, baseado em dados do banco Credit Suisse relativos a outubro de 2015, aponta dois dados assustadores:

  1. A riqueza acumulada pelo 1% mais abastado da população mundial agora equivale à riqueza dos 99% restantes
  2. As 62 pessoas mais ricas do mundo têm o mesmo - em riqueza - que toda a metade mais pobre da população global.

Esta desigualdade vem aumentando cada ano desde 2009, quando foi apontado que as 388 pessoas mais ricas detinham metade da riqueza global.

Justo ou injusto não importa a análise, pois aqui entraríamos numa discussão eterna, o que não vem ao caso.

O que podemos fazer para diminuir esta desigualdade é desenvolvermos meios de entrar no grupo dos mais ricos, ou seja, há diversas ferramentas e meios ao nosso dispor para trabalharmos neste sentido de forma consistente e traçarmos este caminho.

Para você ter uma ideia, outros dados interessantes da pesquisa são:

  • Quem acumula bens e dinheiro no valor de US$ 68 mil (cerca de R$ 275 mil) está entre os 10% mais ricos da população.
  • Para estar entre o 1% mais rico, é preciso ter US$ 760 mil (R$ 3 milhões)

Baseado nisso, como podemos caminhar nessa direção?

Uma forma é procurarmos oportunidades de renda extra que agreguem condições de realizarmos o acúmulo de riquezas e sua consequente redistribuição. Este caminho é totalmente possível para qualquer pessoa desde que tenha abertura para o aprendizado, visão e atitude.

Uma dessas oportunidades que proporciona meios de conseguir este intento, com baixo investimento, risco mínimo e com grande potencial de ganhos você pode conhecer neste
site informativo.

Ainda não entramos no grupo dos 1% mais ricos, mas, em menos de 4 anos deste canal de negócios, algumas pessoas sim. Se levarmos em consideração os 10% mais ricos contamos pessoas na casas das centenas.

Beba das fontes oficiais e use seu livre-arbítrio e discernimento para tomar uma decisão que pode mudar sua vida.

quarta-feira, 16 de dezembro de 2015

O Trabalho Remoto no Brasil

A reflexão é sobre este artigo a respeito do trabalho remoto.

É inegável que o trabalho remoto traz uma série de benefícios para os profissionais e para as empresas que o implantam, talvez o aspecto cultural e retrógrado seja o maior empecilho brasileiro para sua implantação em maior escala.

Todas pesquisas apontam um aumento na qualidade de vida dos profissionais e consequente aumento da produtividade.

Na minha concepção é inadmissível, por exemplo em São Paulo, a ociosidade do deslocamento casa-trabalho custar 3 a 4 horas em média aos trabalhadores que poderiam reverter isso em trabalho produtivo ou qualidade de tempo junto aos filhos, família e amigos.

Toda tecnologia está em nossas mãos, falta vontade das empresas, porém também falta maior pressão por parte de todos trabalhadores que enxergam no trabalho remoto uma modalidade que trará benefícios reais às suas vidas.

Se você é adepto a esta modalidade, o que tem feito para que isso faça parte de seu cotidiano?

segunda-feira, 25 de maio de 2015

Tome as Rédeas de seu Futuro

Hipoteticamente, imagine que você necessite realizar horas extras na empresa em que trabalha (apenas imagine, pois é uma ficção) e que sua dedicação à empresa tenha que ser de 2 horas adicionais durante o período de 2 anos.

Após este período qual será o valor de seu salário? Quanto agregaria à sua renda mensal empregando este tempo adicional à sua jornada diária? Salvo raríssimas exceções, agregaria o valor do dissídio anual, que em valor acumulado tirando a inflação lhe traria no máximo 2% de ganhos reais se a negociação fosse boa. Mesmo os valores destas horas extras sendo pagas corretamente, o valor é muito inferior ao que vale realmente seu tempo.

No mercado tradicional, como empregado, seus ganhos são muito desproporcionais ao tempo de dedicação e ao esforço que empreende.

Seus sonhos, projetos e seu futuro ficam totalmente represados e dependentes 100% de outras pessoas, do governo, dos chefes, do mercado, da empresa etc, menos do principal interessado neles: VOCÊ !

Há um determinado momento em que temos que tomar a decisão de assumirmos as rédeas de nossos sonhos, projetos e do nosso futuro ou "deixarmos a vida nos levar" e ficarmos à mercê do acaso.

Desta forma, é nossa obrigação tentarmos algo novo que pode nos levar a assumirmos as rédeas de nosso futuro! Mas como nos dar essa chance? O que temos à nossa disposição para realizarmos esse intento? Como podemos nos tornar livres do sistema tradicional e sufocante onde a maioria de nós está inserido?

A resposta é simples: Faça algo diferente do que vem fazendo! Tente um modelo de trabalho novo! Um modelo que te remunere de forma justa, proporcional ao seu esforço, que premie seus esforços em ajudar outras pessoas a crescerem, que realmente valorizem de forma proporcional a qualidade do trabalho que realiza e que não coloca limite ao que pode ganhar e nem exige qualquer conhecimento específico, nenhuma especialização.

Este modelo de trabalho existe e é defendido pelos maiores e mais visionários empresários do mundo - O Marketing Multinível ou Marketing de Relacionamento (MMN)

É real! Três a cada cinco novos milionários americanos vêm deste modelo de mercado que representa atualmente 28% do PIB americano e que no Brasil ainda engatinha, com 0,5% do PIB.

Por que não se dar esta chance? O investimento e riscos muito baixos e a possibilidade de ganhos são enormes.

Várias empresas sérias estão atuando neste modelo, tanto nacionais quanto internacionais, e basta você escolher uma com a qual se identifique melhor. Um caminho para não cair em armadilhas (as chamadas pirâmides financeiras) é verificar se a empresa é associada aos órgãos reguladores do setor - ABEVD (Nacional) e WFDSA (Internacional).

Se dê a chance de tentar algo diferente que pode MUDAR A SUA VIDA ! Dedique as duas horas extras que citei no início deste texto para seu próprio negócio, para seu próprio futuro!

Eu pesquisei o mercado, analisei as variáveis e tomei minha decisão junto com minha família e decidimos tomar as rédeas de nossas vidas. Decidimos pela empresa que, ao nosso ver, tem a melhor proposta, a maior diversidade de produtos e o melhor esquema de bonificação.

Para conhecer melhor a respeito, procure se informar nestas referências que passei no artigo e se desejar saber um pouco mais sobre nossa escolha click aqui para saber um pouco mais.


Quem está controlando as velas da sua embarcação ?



quarta-feira, 13 de maio de 2015

Você Recebe Participação nos Lucros de sua Empresa ?

Hoje recebi o seguinte comunicado da empresa onde trabalho:

"Conforme Acordo Coletivo de Participação nos Lucros ou Resultados assinado em 09/02/2015, 
 referente ao ano de 2014, será pago na folha de pagamento do mês de maio de 2015 o valor fixo de R$ 385,63  a cada empregado que tiver direito ao valor integral" 

Agradeço muito receber este extra ANUAL, apesar de parecer pouco aos olhos de alguns, é um extra e vem sempre para somar.

Porém, tenho um negócio próprio em mãos, onde atuo em tempo PARCIAL, que além dos diversos bônus MENSAIS que tenho direito ainda dá participação nos lucros MENSAIS (não anuais) em valores 10X (DEZ VEZES) maiores que o bônus que receberei por um ano de trabalho !

Isso é real! Porém possível apenas na modalidade de negócio estruturado no modelo de relacionamentos, cujas empresas sejam bem estruturadas, legalmente viáveis e sólidas.

Qual empresa neste setor tem essas características? Apenas algumas em todo mundo, dentre elas a que escolhi para trabalhar.

Saiba mais AQUI  e adquira informações que o auxiliará em sua escolha caso estiver procurando realizar algo diferente dos resultados que vem obtendo até então!

Busque sua liberdade agora !

terça-feira, 24 de março de 2015

O Melhor Negócio do Século XXI

Venho estudando a alguns anos as diferentes possibilidades de empreendedorismo virtual, ou seja, utilizar a Internet para implementar um negócio rentável e sustentável.

Este ano finalmente eu encontrei o que Robert Kyosaki chamou de "O Negócio do Século XXI". Estudei a empresa e seu modelo de negócio, pesei riscos, taxa de retorno do investimento, sustentabilidade, lucratividade, expectativa de crescimento e o aspecto social.

Considerei um ótimo negócio pelo seguinte:

- Investimento inicial baixo
- Retorno do investimento é imediato
- Potencial de altos ganhos a curto e médio prazo
- Risco Zero!
- Colaborativo - Relação Ganha-Ganha
- Enormes possibilidades de crescimento pessoal, profissional e financeiro

O mais interessante de tudo isso é que o modelo de bonificação é diferente de tudo o que eu havia conhecido e pesquisado anteriormente.

Sem sombra de dúvida, afirmo que, no mínimo, você deve se dar a oportunidade de conhecer este Modelo de Negócios Inovador !

O conhecimento nos abre oportunidades ! Pense nisso !